LINA GÓMEZ

 

Nascida em Bogotá, Colômbia. Coreógrafa e Bailarina indepentente residente na Alemanha.  Foi radicada no Brasil desde 2002 até 2014 onde inicía seu contato com a dança através da Dança Contemporânea e das Manifestações Populares Brasileiras e Colombianas.

 

Obteve seu titulo de Mestre em Coreografia - MA “Choreographie” pela Hochschulübergreifendes Zentrum Tanz Berlin HZT-Berlin. É formada em Comunicação das Artes do Corpo, com habilitação em Dança e Teatro pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP. 

 

Em 2018 recebe o apoio do Ministério da Cultura de Berlin "Einzelprojektförderung" para a realização da estreia do seu novo trabalho A Passo di Mulo, apresentado no Festival Open Spaces em co-produção com o Tanzfabrik Berlin.

Seu dueto Restraint é concebido durante residencia artística no ada Studio Berlin,  e faz sua estreia no Tanztage Berlin em Enero 2018. Também é convidado a participar do Performing Arts Festival Berlin e do Tanznacht Berlin. Atualmente Restraint é um dos trabalhos selecionados no Aerowaves Twenty -2019.

Em 2017 sua pesquisa coreográfica Chão Vazado recebe o apoio do Ministério da Cultura de Berlin "Einstigsförderung - Berlin Senat".

Em  2016, Lina criou STAUB [Poeira Surda] como trabalho final do seu Mestrado, em 2015, para a mostra do "Herbstprojekt MA Choreographie HZT- Berlin" criou o trabalho Devaneios Sobre o desaparecimento- Träumerei des Verschwindens, ambos trabalhos foram apresentados no Uferstudios-Berlin. Em Maio 2015, parte de sua pesquisa: Estudosparaocorpocomotradutorpoéticodaimagem, conta com o apoio do Goethe Institut e fez parte do 6 ° Circuito Vozes do Corpo em São Paulo - Brasil.

 

Em agosto 2015 ela foi Artista Residente no Museo Hambuger Bahnhof de Berlim durante a Exposição "Black Mountain. Uma experiência interdisciplinar 1933-1957 "

Em Berlim, Lina trabalhou como performer e bailarina com Tino Sehgal no Martin-Gropius-Bau no trabalho Kiss , Yoshiko Chuma,  Janne Gregor  e Nancy Banfy na obra If I See You.

É Cofundadora e Intérprete-Criadora da Cia. Aberta de Dança desde 2008, criando e dirigindo coletivamente: Trabalho em Branco para Público Nenhum, Sapatos Cegos, que em 2009 fez parte do IV Visões Urbanas – Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas e também da Mostra de rua do “Circuito Vozes do Corpo” em 2011, entre outros, e Entre Eu e Você em 2013.

 

Trabalhou como intérprete criadora no Projeto+1coletivo dirigido por Edson Fernandes, participando dos trabalhos Sub[linhas] e Esperas Efêmeras em Lugares Relativos.

 

Foi convidada por Jorge Garcia para participar do trabalho “Área Reescrita”, trabalho apresentado no Semanas de Dança do CCSP em 2011, desde então Integrou a J.Gar.Cia Dança Contemporânea, participando dos trabalhos, "Interlúdio", "Área Reescrita", "Caixa de Vidro" e "Imprimi Potest".

Foi Assistente de Coreografia do Jorge Garcia no trabalho idealizado pelo violoncelista Dimos Goudaroulis “Logos-Diálogos, 6 Suites de J.S. Bach para Violoncelo Solo” realizado no Teatro Alfa em 2012 e no Sesc Vila Mariana em 2013.

 

Durante sua estadia em Portugal em 2009 e 2010, Fez parte da Companhia de Dança de Aveiro, como Bailarina estagiária, participando dos trabalhos “Barrococo Canto el Mosso” de Álvaro Ribeiro e “Corpovisório, território do Outro” de Edson Fernandes. e expõs seu Trabalho fotográfico “Apurele”, em parceria com Edson Fernandes na Associação Cultural Mercado Negro de Aveiro-Portugal em 2010.

 

Entre 2006 e 2008 Integra o Abaçai Balé folclórico de São Paulo, a Cia Caracaxá e a Cia. de Artes do Baque Bolado. 

 

Como Danca-Educadora, Lina é desde 2017 professora convidada no Centro de Dança Inter-universitário de Berlin HZT. 2015 Lina ministrou Workshop focado na sua pesquisa de movimento na Universidade  de Artes Folkwang, Essen Werden-Alemanha. No Brasil de 2012 até 2014 foi Artista Orientadora no projeto de Dança do Programa Vocacional da Secretaria de Cutura do estado de São Paulo. Em 2014 realizou o Workshop “Criação e composição de estudos coreográficos” no CLAC – Centro Livre de Artes de São Bernardo do Campo e fez Preparação Corporal do Projeto de Teatro para Funcionários dirigido por Helder Mariani no Hospital Bandeirantes em 2009 e no Morumbi Shopping entre 2009 e 2013. Em Portugal Ministrou Workshop “Improvisação e Criação na Dança Contemporânea” no Centro Cultural de Ovar e no Festival da Juventude de Aveiro. Na Colombia, Lina ministrou oficinas na Colômbia de “Brincadeiras e Ritmos Brasileiros” no Colégio de Musica de Medellín e na fundação Nova Cultura de Bogotá. 

 

 

 

 

 

 

 

 

©Ruppert Bohle