Imprimi Potest

Imprimi potest (“pode ser impresso”, em latim) é a aprovação oficial de uma autoridade superior da Igreja Católica (ou de seu representante) para que uma obra escrita por um membro de uma ordem religiosa seja publicada.
A partir de seu solo Nihil Obstat*, Jorge Garcia transpõe para os corpos de seu elenco um desafio constante neste trabalho, que atenta para a liberdade e a possibilidade de transformação em cada lugar e a cada momento, Através do improviso e dos mesmos elementos cênicos estruturais, sonoros e físicos, utiliza princípios coreográficos, conceituais e dramatúrgicos, reestruturando e investigando este lugar.

*Nihil obstat (“nada impede”, em latim) é a aprovacão oficial do ponto de vista moral e doutrinário de uma obra que aspira ser publicada, realizada por um censor da Igreja Católica.

 

Ficha Técnica

 

Direção geral e interpretação: Jorge Garcia

Elenco: Amanda Raimundo, Natasha Vergilio, Marina Matheus, Lina Gómez, Martina Sarantopoulos, Edson Fernandes

Trilha sonora: Henrique Iwao e Aquiles Guimarães

Improvisação sonora: Aquiles Guimarães

Design e operação de luz: Ari Buccioni

Cenografia e figurino: Jorge Garcia

Fotos: Silvia Machado

Design gráfico: Sonaly Macedo

Gestão: Cria da Casa Art Productions

Produção executiva: Priscila Wille

Coordenação de produção: Carolina Sudati

Assistência geral: Selma Marques

 

 

 

More

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

back